Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Profissão: professor

por Ni, em 17.04.12

Durante muito tempo, fui feliz a dar aulas de Literatura. Houve momentos em que, a discutir ideias com os meus alunos, a ensinar a gostar de ler, a fazê-los pensar, a aprender, julguei que não poderia nunca mais sentir-me realizada daquela forma.

Quando temos a capacidade de sairmos de nós e nos observarmos como espetadores de uma qualquer cena de um filme e vês que aquela personagem, que és tu, tem à sua frente 50 pessoas mais velhas, mais experientes, mais sábias, mais cheias de saber, e vês que aquela personagem, que és tu, tem à sua frente 50 pessoas que a ouvem e num momento qualquer, um fragmento de um instante apenas, pensam que aquela miúda lhes está a ensinar alguma coisa, é aí que vês que aquela personagem, que és tu, está tão feliz, tão realizada profissionalmente, que sentes uma onda de orgulho imodesto que procuras esconder apressadamente, mas tens a certeza que não voltarás a atingir um patamar tão elevado nesta coisa de ensinar.

Depois, há um dia em que recuperamos aquela capacidade de sairmos de nós que julgávamos já impossível e observamo-nos, ainda, como espetadores e vês que aquela personagem, que és tu, tem à sua frente 4 pessoas, pequeninas, com tantas experiências de vida, mais pobres de saber viver, mais carentes de amor, e vês que aquela personagem, que és tu, tem à sua frente 4 pessoas tão diferentes, tão especiais, que num qualquer instante, das suas vidas atribuladas de histórias mais ou menos estranhas, a ouvem e lhes sai da boca " professora, tu ensinas-me coisas tão giras. és tão linda!". E é aí que vês que aquele aquela personagem, que és tu, está tão feliz, tão realizada profissionalmente, que sentes uma onda de orgulho imodesto que te assalta, e tens a certeza que esta coisa de ensinar também é esta redescoberta diária de aprender a ensinar.

 

Assim, contra os mais céticos, realmente eu gosto de ser professora de Educação Especial.

 

...aqui, deste lado da montanha.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D