Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Filha da mãe

por Ni, em 19.04.11

Hoje devia ser dia da mãe. Hoje eu escrevi um post, para elogiar o meu arrojo, a minha iniciativa, a minha indospição para o comodismo envelhecedor. Hoje eu gabei a minha procura pela alegria na realização de um sonho tão antigo que eu até cheguei a julgá-lo morto... Porém, quando reli este inchaço de gabarolice, compreendi que não há nada de espantoso nisto.

 

Espantoso é que a minha mãe, que tem mais de sessenta anos, se recuse a ficar em casa a envelhecer e vá à procura da realização de um sonho tão antigo que se julgava esqueleto. Espantoso é que a minha mãe continue a ter força, coragem, vontade para, dia atrás de dia sem perceber como as notas se juntam, continuar a tentar aprender a tocar acordeão. 

 

Espantoso é que a minha mãe tenha a coragem de uma leoa, a alegria de um pássaro em liberdade e o amor de uma Mãe!

 

...aqui, deste lado da montanha.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D