Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Personal Shopper, precisa-se!

por Ni, em 17.03.10

 Pertenço àquele grupo de mulheres, raríssimas, que não gostam de ir às compras. Não gosto. Para verem como é, detesto os saldos: centenas de pessoas dentro de uma loja com capacidade para dez, a revolver montes (literalmente falando) de roupa, com mulheres quase a descabelarem-se por uma t-shirt... não aguento! Não tenho paciência para a escolha e, quase sempre, me arrependo das compras que fiz. Falta-me olho... Conheço uma menina, também filha dos meus pais, que entre 501 peças feias, enormes, minúsculas, defeituosas e foleiras, consegue encontrar a única peça vestível. Eu, não tenho olho... Vou às compras porque preciso, pago o primeiro preço e, normalmente, até compro os conjuntos que estão nos manequins, porque não tenho paciência para escolher o que é que combina com o quê...

 

Ora, quem já passou pela experiência de retomar o trabalho depois de uma gravidez e de uns meses de licença sabe bem que ir às compras se torna uma necessidade. Lembrei-me, então, de comentar com o homem da casa (a pessoa mais avessa a compras de todas as que conheço)  que tinha de tirar um dia para ir às compras. Eu devia logo ter desconfiado que a resposta dele não se enquadrava na realidade, mas, crente e optimista, achei uma boa ideia quando ele respondeu "como tenho de ir a Lisboa, levo-te e depois tomo conta do bebé para fazeres as tuas compras". 

 

Fomos às compras. Ele deixou-me no centro comercial, com o bebé, e foi à vida dele. Quando chegou, andava eu a comprar roupa para os miúdos que não param de crescer (o bebé tem 4 meses e já veste roupa para 9 e 12 meses, dá para acreditar?) e ele começou logo a dizer que tinha fome. "É melhor irmos comer", "vamos comer", "então, vamos comer?".

Eu: "Passamos só na Mango para veres como me ficam umas calças - precisava de uma opinião- e se o bebé chorar pegas-lhe ao colo..."

Entro nos provadores e ouço o bebé a chorar, depois silêncio. Saio e não o vejo.

Empregada: Precisa de alguma coisa?

Eu: O meu marido estava por aqui...

Empregada: Vou ver se ele está ali mais abaixo... Não. Saiu da loja. Pode ligar-lhe.

Eu: Não, ele não deve demorar...

Quando as funcionárias começaram a olhar para mim como se eu estivesse ali há tanto tempo que ameaçava tornar-me numa prateleira da loja, decidi sair dos provadores, sem a tal opinião...

 

Lá fomos almoçar e, a seguir, a pergunta "Ainda te faltam muitas lojas?"

Que raio de pergunta é esta, num dia que se tirou para ir às compras??!! Pegou no bebé e começou a arrastar os pés como um condenado a caminhar para a forca. Graças  a Deus o bébucho fez cocó. Peguei nele, fui trocá-lo, dar-lhe leitinho e segui caminho... sem o pai. Pelo menos, assim, só tinha de ouvir um a reclamar. Voltou a aparecer quando eu já tinha escolhido as calças e, vá lá, ajudou na cor do casaco... Nada mau...

 

Sobrevivemos e aprendemos mais uma lição: compras a três só se for com a tal filha dos meus pais que tem olho para a coisa... Ou, então, se alguém conhecer um personal shopper muito, muito baratinho, agradeço...

 

...aqui, deste lado da montanha.


 

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De Margot a 17.03.2010 às 16:38

Típico de homem!!!!!
Olha, eu adoro ir às compras, mas tenho de estar inspirada. Porque também há alturas em que não gosto de nada e nem tenho paciencia para ver lojas e mais lojas. Normalmente, quando sou "obrigada" a comprar qualquer coisa, nunca vejo nada de jeito. Os melhores achados surgem, habitualmente, quando não ando á procura de nada em específico!
Quanto à demanda nos molhos de roupa em saldos, não são para mim. Tudo me parece feio, amachucado, gasto...
Imagem de perfil

De Ni a 22.03.2010 às 15:52

Eu até já comprei duas ou três coisas nos saldos, mas, depois, nunca as usei....
Imagem de perfil

De Rita a 21.03.2010 às 22:32

Olha, eu não me importo nada e adoro. Sou bastante prática, rápida e encontro o que quiseres. Chama-me ok? :) Beijinhos, Rita
Imagem de perfil

De Ni a 22.03.2010 às 15:55

Olha, já deixei no teu blog um "pedido": um vestido para o casamento da minha irmã... É que eu sou irmã da noiva e madrinha do coração e, além disso, tenho uma barriguinha de "mãe há quatro meses".

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D