Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Os maus dias bons

por Ni, em 01.03.10

Aos meus amores:

 

 Acordo com as lágrimas nos olhos. Um mau dia. Um dia negro.Não encontro as razões, mas ocorrem-me ideias sombrias que me trazem ainda mais lágrimas: o sono acumulado, por uma noite em que o bebucho quis mais leitinho do que o normal; os dias rotineiros fechada em casa; este maldito tempo que não melhora (eu quero mesmo muito viver num país tropical em que o sol brilhe todo o ano); o meu amor que sai para uma exposição (e eu, racional, sei que não o posso acompanhar e, mais racional ainda, sei que ele tem de ir); os dois pirralhos, com quem tenho de ficar, novamente, sozinha; um ombro amigo a quilómetros de distância; ou, apenas, o desconforto hormonal de um pós-parto... e nem um motivo para sorrir. Não me apetece tirar o pijama. Apetece-me ficar na cama. Chorar.

 

A miúda reclama por mim. Tenho de ir às compras, para o almoço... com os dois... Então, visto-me e saio. Decido tomar um café e comprar um pastel de nata para a princesa. Quando está quase a terminar, ela levanta-se e eu, zangada, pergunto-lhe onde é que ela vai. Ela não me responde (e eu preparo-me para lhe dar um sermão sobre a licença para sair da mesa), contorna a mesa e, inesperada e carinhosamente, dá-me um beijo e começa a salvar o meu dia .O preto talvez não seja assim tão preto, há ali um cinzento a espreitar . De repente, talvez possamos ir passear, nós os três, acho que está a começar o festival do chocolate, ou vamos, sei lá, a qualquer lado. Sim, claro, vamos almoçar e sair de casa.

 

Almoçámos e, sem festival do chocolate, começava, novamente, a achar que talvez o melhor fosse ficar a curtir as mágoas. Toca o telefone e era o meu amor a dizer que estava mesmo a chegar (JÁ???). Saímos para qualquer lado e, de repente, ir ao centro comercial num domingo à tarde parece-me o programa mais apetecível do mundo e eu entro no carro como se o nosso destino fosse uma praia paradisíaca... O homem da minha vida, também, tinha salvo o meu dia. Vejo tudo claro e sorrio, apaixonada .

 

Depois, bem, depois, o dia ficou brilhante e solarengo. O meu homem lindo viu-me com uns sapatos nos pés, que eu experimentei só para ver como ficavam e, enquanto eu desapareci uns minutos para amamentar o bebucho (que se portou lindamente) ele decidiu comprar-mos e oferecer-mos. E eu fiquei linda e maravilhosa com eles. E senti-me num dia bom. E adorei a minha vida.

 

...aqui, deste lado da montanha.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Travessa a 01.03.2010 às 22:07

Ainda bem que há dias assim. Fico feliz por si.
Não nos podemos esquecer que não estamos sozinhas e hoje teve boas provas disso, eles estavam lá, mais uma vez.
Beijos
Imagem de perfil

De Ni a 04.03.2010 às 17:09

Olá! É verdade que os nossos amores nos dão muitas arrelias, mas também são eles que nos dão os melhores motivos para sorrir. Ah! Que tal tratarmo-nos por tu? É mais fácil...
BJ

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D