Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Sopas de cavalo cansado

por Ni, em 24.02.13

Gosto de sopas. Gosto de cozinhar, gosto de comer, gosto de inventar sopas. Cá por casa há sempre uma sopa pronta, para comer quando se tem fome, ou quando não... Dá-me prazer juntar ingredientes e apurar os sabores para ver qual deles se destaca, para descobrir os sabores fortes, e os que aniquilam os outros. É talvez o meu lado bruxa a dar  asas à imaginação, não sei... 


 


Também gosto de sopas de gente. Pessoas que se juntam na mesma panela a falar até que uma consiga sobressair e apaladar as bocas dos degustantes. Por isso, ontem, comi uma belíssima sopa de gente, de Jel e Maria José Morgado, no programa "Quem diria", da Sic Notícias: uma sopa em que os sabores se combinaram, dividiram, separaram, e , por fim, se multiplicaram em vontades de mais uma dose. Dois sabores tão diferentes a fazer uma ótima combinação, como as tradicionais sopas de cavalo cansado, a dar ânimo, força e alento aos dias de esforço continuado.


 




Para ler: um livro com muitos, muitos sabores, principalmente mexicanos, é certo, mas perfeitamente adaptáveis à minha cozinha. 


"As amêndoas e o gergelim assam-se no comal(1). os chiles anchos, arranjados, também se assam, mas não muito para que não fiquem amargos. isto tem de se fazer numa frigideira à parte, pois põe-se-lhe um pouco de manteiga para o fazer. Depois moem-se no metate(2) juntamente com as amêndoas e o gergelim.

Tita, de joelhos, inclinada sobre o metate, movia-se rítmica e cadenciadamente enquanto moía as amêndoas e o gergelim.

Sob a sua blusa os seus seios oscilavam livremente pois ela nunca usara qualquer soutien. Do seu pescoço escorriam gotas de suor que rolavam para baixo seguindo o sulco de pele entre os seus peitos redondos e duros.

Pedro, não podendo resistir aos cheiros que emanavam da cozinha, dirigiu-se para ela, ficando petrificado na porta diante da postura sensual em que encontrou Tita.

(...) Tita soube na própria carne por que é que o contacto com o fogo altera os elementos, por que é que um bocado de massa se converte em pão, por que é que um peito sem ter passado pelo fogo do amor é um peito inerte, uma bola de massa sem qualquer utilidade."



Como água para chocolate, Laura Esquível



(1) Comal - disco de barro ou de metal que se usa para cozer tortillas

(2) Metate - pedra utilizada no México para moer cereais

 


A terceira nota é que este é um livro delicioso, ao qual voltarei certamente, uma vez que tenho inúmeras páginas marcadas com excertos muito bons.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D





Do outro lado