Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Receita para fazer leitores

por Ni, em 26.02.13

Hoje aconteceu-me outra vez. O miúdo virou-se para mim, esfregou as mãos nos joelhos, e disse-me em voz baixa "não gosto nada de ler...". Parece-me, até, que a voz ficou tremida e as mãos ganharam aquele suor de nervoso, como se fosse fazer algo terrível. 


Perguntei-lhe: "costumas ler?", "alguém lê para ti?". Duas vezes não.


Acontece sempre o mesmo. Os miúdos não leem e eu entendo isso, entendo que a televisão, o computador, sejam muito mais fáceis do que os livros. Nos livros é preciso utilizar a imaginação, é preciso esforço. Entendo que um miúdo possa não gostar de ler porque há outros caminhos mais fáceis. Mas gostar de ler não passa só por ler, gostar de ler passa, também, por ouvir ler. Durante muito tempo respondi aos meus alunos que me diziam que não gostavam de ler este ou aquele texto, "então, deixa-me ler-to... deixa-me ser eu a ler para ti". E mandava-os fechar os livros e lia para eles. Nem todos passaram a gostar de ler, mas houve um, tenho a certeza, que aprendeu a gostar de ler e isso, bem, isso é o que apazigua os meus demónios. 


Há professores que avaliam, pedem, corrigem e criticam leituras, mas que são, sei lá porquê, incapazes de ler para os seus alunos. Às vezes, muitas vezes, os alunos apenas não sabem ler, porque nunca ninguém lhes ensinou a passar do processo de juntar letras. Esse salto, ou se faz por vocação, ou por se ouvir alguém fazer.


Há professores que gostam de ler. Tenho uma colega, pelo menos uma, que lê, mesmo, a sério, com prazer. Lê e, quando ela lê, os alunos ficam com vontade nos olhos e água na boca. Já por diversas vezes a ouvi ler e tenho a certeza que as suas leituras estão a fazer leitores.


 


Para ler, um livro sobre leitores e leituras, Como um romance, Daniel Pennac


"Os direitos inalienáveis do leitor:


1. O direito de não ler


2. O direito de saltar páginas


3. O direito de não acabar um livro


4. O direito de reler


5. O direito de ler não importa o quê


6. O direito de amar os heróis dos romances


7. O direito de ler não importa onde


8. O direito de saltar de livro em livro


9. O direito de ler em voz alta


10. O direito de não falar do que se leu."

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D





Do outro lado